RoccaCancroColoUteroSite

Rastreio do cancro do colo do útero

Mulheres entre 25 e 64 anos devem ficar atentas à convocatória do médico de família. Prevenir é correr contra o tempo, a favor da vida.

Se é mulher, tem idade entre os 25 e os 64 anos, deverá estar atenta à convocatória, que será enviada pelo seu médico de família, de três em três anos, para fazer uma citologia ao colo do útero – teste de Papanicolau.

Caso não tenha recebido a convocatória, contacte a sua unidade de saúde.

O cancro do colo do útero é, na grande maioria dos casos, curável, se for detetado precocemente. Por isso, prevenir é correr contra o tempo a favor da vida.

É um teste simples, sem perigo e gratuito.

Nos casos com resultado positivo, as mulheres serão devidamente encaminhadas para instituições hospitalares do Serviço Regional de Saúde.

O cancro do colo do útero é uma doença que pode surgir logo a partir dos 20 – 25 anos, apesar de a faixa etária dos 45 – 49 anos de idade ser a mais afetada. O risco de o desenvolver, apesar de ser menor, mantém-se, contudo, até idades mais avançadas.

Este cancro é causado, sobretudo, pelo Vírus do Papiloma Humano (VPH), normalmente transmitido por via sexual, em relações não protegidas. Embora, na maioria das vezes, o organismo humano consiga eliminá-lo, em alguns casos pode provocar cancro.

O rastreio é a melhor forma de detetar as alterações celulares no colo do útero induzidas pelo vírus. Esta deteção precoce e o tratamento permitem evitar a progressão para o cancro e, caso já haja cancro, o seu desenvolvimento.

Adira ao rastreio e seja a primeira a divulgá-lo. Prevenir é uma opção de amor!

Visite:

Governo dos Açores – Rastreio Organizado do Cancro do Colo do Útero Açores – ROCCA